Suspeito de arrombar lojas em Baraúna é preso pela PM ao tentar vender produtos furtados através do Facebook

Suspeito de arrombar lojas em Baraúna é preso pela PM ao tentar vender produtos furtados através do Facebook

Policiais do destacamento militar de Baraúna, sob a coordenação do sargento Saldanha prenderam nesta segunda feira, 9 de março de 2020, Carlos Henrique Lucas dos Santos, suspeito de promover uma séria de arrombamentos em estabelecimentos comerciais naquela cidade. De acordo com a PM pelo menos 7 lojas foram arrombadas nos últimos dias e tiveram produtos furtados.

Segundo a Polícia Militar, Carlos Henrique vendia os objetos furtados através de uma página do Facebook, criada por ele mesmo. Uma comerciante que teve sua loja arrombada, reconheceu um dos objetos furtados de seu estabelecimento comercial e que estava exposto a venda no anuncio na página. A vítima mostrou interesse em comprar o produto e marcou um local, para que fosse feita a venda.

O que Carlos Henrique, não sabia era que a vítima tinha acionado a Polícia Militar para acompanhá-la até o local marcado onde ocorreria a transação comercial. Os cabos, Charlisson, Couto e Freitas, acompanharam a vítima em um carro descaracterizado e flagraram o suspeito com o produto do furto. Segundo a PM ele confessou a prática dos delitos e entregou parte do material furtado das lojas que estava em uma casa.

O infrator foi conduzido, juntamente com o material, para a Delegacia de Plantão da Polícia Civil em Mossoró, onde foram apresentados ao delegado Teixeira Júnior, para que a autoridade policial adote as medidas cabíveis na forma da lei.

Carlos Henrique foi autuado em flagrante por crime de receptação (art. 180) e após pagar fiança foi solto para responder o processo em liberdade e aguardar uma decisão da justiça.

Fim da Linha

Postar um comentário

0 Comentários